Artigo

TAP E EFACEC: Governo do PS tomou decisões importantes e estratégicas para a economia do País

TAP E EFACEC: Governo do PS tomou decisões importantes e estratégicas para a economia do País

Intervenção do Estado em duas das maiores empresas de Portugal demonstra empenho em salvaguardar o interesse nacional e a dinamização económica do Norte.

A Federação Distrital do Porto do Partido Socialista apoia as decisões tomadas pelo Governo do PS nas intervenções levadas a cabo na TAP e na Efacec, duas empresas fundamentais para o desenvolvimento do País e com especial impacto na dinamização da economia do distrito do Porto e da Região Norte de Portugal.

Desde o primeiro momento, a Federação Distrital do Porto do PS confiou que o Governo iria encontrar a melhor solução para a TAP, na garantia de que a companhia aérea nacional assegure a coesão territorial e as ligações europeias e internacionais, essenciais no contexto da diáspora portuguesa e na relação com os Países de Língua Oficial Portuguesa.

Considera-se ainda que a recuperação do controlo da TAP por parte do Estado afigura-se como determinante para a retoma da atividade da transportadora a partir do Aeroporto do Porto. Após cinco anos de gestão privada, a salvação da empresa com dinheiro público apenas se justifica se a TAP conseguir, de facto, responder às necessidades de transporte aéreo de todo o País, e em particular da Região Norte, incrementando os níveis de operacionalidade anteriores à crise provocada pela pandemia por COVID-19.

Já no que respeita à nacionalização temporária da Efacec, com vista ao seu ressurgimento económico e reprivatização sem custos adicionais para o erário público, a intervenção do Governo permitirá estabilizar a situação frágil da empresa, afetada pelo chamado processo Luanda Leaks.

A salvaguarda da Efacec, uma das empresas mais prestigiadas do País e do Norte, afirma-se como essencial para assegurar os seus postos de trabalho, bem como para desbloquear a sua atividade manifestamente importante para o tecido empresarial português, para as exportações nacionais e para o futuro assente na sustentabilidade energética e ambiental e na mobilidade.

Nos dois casos, o Governo Português demonstra que está empenhado na retoma económica do País, apostando na recuperação de setores fundamentais para restituir o caminho do crescimento económico interrompido pela crise pandémica.

*fotografia: Twitter do Primeiro-Ministro, António Costa

196 Visualizações