Artigo

Rota do Românico: PS reconhece importância de projeto estruturante no Tâmega e Sousa

Rota do Românico: PS reconhece importância de projeto estruturante no Tâmega e Sousa

Visita ao Centro de Interpretação do Românico em Lousada serviu para reconhecer a importância do património histórico-cultural do Vale do Sousa

Na manhã desta terça-feira, os candidatos a deputados fizeram uma visita ao Centro de Interpretação do Românico, em Lousada. À visita seguiu-se uma reunião, na qual participaram os candidatos a deputados Cristina Moreira, Hugo Carvalho, António Pedro Faria e João Fonseca, que estão na lista do círculo eleitoral do Porto

A comitiva socialista contou com a companhia de Humberto Brito, presidente da Valsousa – Associação de Municípios do Vale do Sousa, António Ponte, Diretor Regional da Cultura do Norte, e Luís Pedro Martins, presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal.

A Rota do Românico afirma-se, no Tâmega e Sousa, como um projeto estruturante de coesão social para o desenvolvimento do território, criação de emprego e geração de riqueza.

O Centro de Interpretação do Românico abriu ao público no dia 27 de setembro de 2018, em Lousada, e tem-se afirmado como um importante equipamento de divulgação do património histórico-cultural do Vale do Sousa.

A Rota do Românico reúne, atualmente, 58 monumentos distribuídos por 12 municípios dos Vales do Sousa, Douro e Tâmega.

8 Visualizações