Artigo

PS apresenta candidatos e compromissos com vista para o futuro do distrito

PS apresenta candidatos e compromissos com vista para o futuro do distrito

O cenário da cidade do Porto visto a partir do Jardim do Morro, em Vila Nova de Gaia, foi o pano de fundo para o compromisso de fazer ainda mais e melhor pelo distrito.

“Quem vem e atravessa o rio, junto à Serra do Pilar”, canta Rui Veloso em “Porto Sentido”. A frase da canção é perfeita para exemplificar o cenário escolhido para a sessão pública de apresentação dos candidatos a deputados e dos compromissos eleitorais para o distrito do Porto.

No Jardim do Morro, o presidente da Câmara Municipal de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, deu as boas-vindas aos candidatos a deputados que assinaram os compromissos para o distrito, dizendo que “é deles, e do Partido Socialista, que depende o futuro de Portugal”.

Cumprimos e continuaremos a cumprir, foi a garantia deixada por Manuel Pizarro. O presidente da Federação Distrital do Porto do Partido Socialista, fez o balanço dos últimos quatro anos de governação: “O PS é o partido das contas certas e não há ninguém da direita portuguesa que possa ter a lata de nos tentar tirar essa medalha que conquistámos com muito esforço e com muito trabalho”.

Já o cabeça de lista pelo distrito do Porto, Alexandre Quintanilha enfatizou a qualidade do grupo que compõe a lista à Assembleia da República ao salientar “as competências extraordinárias” de todos os candidatos. O professor universitário jubilado agradeceu “a honra enorme” por ser novamente cabeça de lista pelo Porto.

Rosário Gambôa, candidata a deputada na Assembleia da República e coordenadora do Manifesto Distrital, elencou os vários compromissos locais que o PS preconiza, destacando como “fundamental reabrir o debate sobre a regionalização administrativa, porque esse é o corolário do processo de descentralização, e é o instrumento necessário, fundamental para o desenvolvimento do nosso território”.

No Porto, o PS está mobilizado para fazer ainda mais e melhor pelo distrito, e compromete-se a prestar contas aos cidadãos e a valorizar a democracia, continuando o caminho da descentralização, da inovação e da sustentabilidade ambiental no distrito do Porto.

Reforçar as políticas de desenvolvimento nas áreas da educação, da cultura, da saúde e da mobilidade são outros dos desígnios que o Partido Socialista se propõe a cumprir.

Os candidatos a deputados pelo círculo eleitoral do Porto definem o combate às desigualdades e a erradicação da pobreza como prioridade, na construção de uma cidadania mais ativa, mais criativa e transformadora.

32 Visualizações