Artigo

Protocolo permite estudar viabilidade da expansão do Metro do Porto

Protocolo permite estudar viabilidade da expansão do Metro do Porto

O protocolo, tendo em vista um acordo e estudos de viabilidade para a expansão da rede do Metro do Porto, vai ser assinado no próximo dia 21 de fevereiro.

A Área Metropolitana do Porto e o Governo vão avançar com os estudos de viabilidade económica para sete linhas do metro do Grande Porto.

A assinatura do protocolo pelo Ministério do Ambiente e Ação Climática, a Metro do Porto, a Área Metropolitana do Porto (AMP) e pelos municípios de Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa do Varzim, Trofa, Vila do Conde e Vila Nova de Gaia está marcada para o próximo dia 21 de fevereiro.

Em causa estão cerca de de 860 milhões de euros do Plano Nacional de Investimento 2030 (PNI). Do total, cerca de 620 milhões de euros destinam-se à consolidação da rede do Metro do Porto e 240 milhões servem para o desenvolvimento de sistemas de transportes coletivos, verbas que deverão ser executadas entre 2021 e 2030.

Os estudos de viabilidade vão incidir sobre sete ligações que foram propostas pela AMP, presidida por Eduardo Vítor Rodrigues, e além da rede de Metro prevêem a adoção de soluções de metrobus no distrito do Porto.

Os projetos dizem respeito ao prolongamento da chamada linha circular (Casa da Música – Polo Universitário Asprela ou Combatentes), à linha Casa da Música – Devesas – Santo Ovídeo, e às ligações de metro até Gondomar (Campanhã – Souto, via Valbom) e São Mamede (Polo Universitário Asprela/Fonte do Cuco), além das linhas Campo Alegre, ISMAI – Trofa e II Linha da Maia (polo Universitário Asprela/FEUP – Maia).

A opção do metrobus pode ser adotada nos trajetos Avenida da República – Crestuma e Devesas – Canidelo, em Vila Nova de Gaia, no canal da Estrada da Circunvalação e entre Vila do Conde e a Póvoa de Varzim.

Os resultados dos estudos prévios, que devem ficar concluídos em dez dias, podem implicar um reforço do montante previsto no PNI em cerca de 200 milhões de euros.

234 Visualizações