Mário Mourão eleito Secretário-Geral da UGT

O socialista portuense, hoje eleito no 14ª Congresso da UGT em Santarém, coloca nas suas prioridades os aumentos salariais para a função pública.

Mário Mourão foi hoje eleito secretário-geral da UGT.

O socialista, que irá ocupar o cargo nos próximos quatro anos, foi eleito com 455 votos a favor, 77 votos contra e 21 abstenções.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Setor Financeiro de Portugal (SBN) desde 2005, é desde novembro secretário-geral da Tendência Sindical Socialista (TSS).

A eleição de Mário Mourão decorreu no 14.º Congresso da UGT, que hoje terminou em Santarém.

Mário Mourão sucede a Carlos Silva, que era secretário-geral da UGT desde 2013.

O novo secretário-geral da UGT, defendeu hoje o aumento dos salários dos trabalhadores do Estado e prometeu que a valorização salarial será a prioridade da central nos próximos quatro anos.

Para Mário Mourão, que falou na sessão de encerramento do Congresso da UGT, “o retomar da discussão da valorização dos salários e rendimentos continua a ser uma prioridade” que se torna “ainda mais oportuna e premente, tendo presente os recursos disponíveis para serem aplicados nas mudanças estruturais” da economia.

Mário Mourão é dirigente socialista e já foi Presidente da Federação Distrital do Porto, entre setembro de 2011 e junho de 2012, assegurando com grande competência os destinos da estrutura num período de transição.

747 Visualizações