Artigo

Manuel Pizarro: Estratégia da TAP é um insulto ao Norte de Portugal

Manuel Pizarro: Estratégia da TAP é um insulto ao Norte de Portugal

A estratégia da TAP para a retoma da atividade, quase deixando de fora o Aeroporto do Porto é um insulto ao Norte de Portugal. O desrespeito da companhia aérea estende-se a todo o País, na medida em que esta atitude centralista prejudica a coesão e o desenvolvimento nacionais.

A TAP, como companhia aérea de bandeira, não pode abandonar o Norte e reclamar em simultâneo uma contribuição financeira do Estado que lhe garanta a sobrevivência, já que o investimento público não é aceitável se a TAP não servir todos os portugueses.

O Aeroporto do Porto distingue-se como uma infraestrutura indispensável para o desenvolvimento económico e para o sucesso do turismo na Região Norte de Portugal, sendo ainda fundamental como plataforma de ligação a várias cidades europeias, beneficiando o tráfego aéreo de e para todo o Norte da Península Ibérica.

Por isso, o Governo não pode ignorar a marginalização do Porto e do Norte, arquitetada pela gestão privada da TAP. Não é para isto que serve uma empresa pública estratégica.

Manuel Pizarro
Presidente da Federação Distrital do Porto do PS

226 Visualizações