Eurodeputados do PS manifestam preocupação com encerramento da Refinaria da Galp em Matosinhos

Manuel Pizarro e Isabel Santos, deputados do PS ao Parlamento Europeu, vão dirigir à Comissão Europeia uma Pergunta sobre a mobilização do Fundo para a Transição Justa na sequência da anunciada suspensão de operações na Refinaria da Galp, em Matosinhos.

Os deputados do PS no Parlamento Europeu, Manuel Pizarro e Isabel Santos manifestaram hoje “justificada preocupação” com a notícia do encerramento das operações da refinaria da Galp, em Matosinhos.

Os eurodeputados afirmam que “estão em causa cerca de 900 postos de trabalho diretos e a atividade de muitas empresas que prestam serviços para aquela importante unidade”. Por isso, defendem que é “essencial preparar com todo o rigor e diligência um plano de promoção, com vertentes económica e social, assegurando os direitos de todos os trabalhadores e criando novas oportunidades de emprego”.

Enquanto deputados no Parlamento Europeu e dirigentes do PS, Manuel Pizarro e Isabel Santos garantem que trabalharão “ativamente com a Câmara Municipal de Matosinhos, com o Governo, com as organizações representativas dos trabalhadores e com todos os interessados para que sejam encontradas e implementadas soluções adequadas e participadas” para a Petrogal.

Afirmam os eurodeputados que “desde já vamos dirigir à Comissão Europeia uma Pergunta sobre a mobilização do Fundo para a Transição Justa, aprovado pelo Parlamento Europeu e pelo Conselho, para financiar o plano de promoção económica e social. O referido Fundo foi criado precisamente para compensar as consequências económicas e sociais da desejável redução da utilização de combustíveis fósseis. O encerramento da refinaria da Galp em Matosinhos justifica plenamente a ativação deste Fundo”.

281 Visualizações