Eduardo Vítor Rodrigues reeleito presidente da Área Metropolitana do Porto

Autarca de Vila de Nova de Gaia foi reeleito para um segundo mandato na liderança do Conselho Metropolitano do Porto. Eduardo Vítor Rodrigues tem como prioridades a continuidade do reforço dos transportes na Área Metropolitana do Porto, a descentralização e a gestão dos fundos comunitários.

Eduardo Vítor Rodrigues foi reeleito esta sexta-feira, 5 de novembro, para um segundo mandato na presidência da Área Metropolitana do Porto (AMP). O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia foi o candidato escolhido pelo PS, tendo recebido o apoio unânime dos autarcas socialistas dos distritos do Porto e de Aveiro.

Depois de ter assumido os destinos da AMP em 2017, Eduardo Vítor Rodrigues continuará o caminho de reforço do plano de ação já implementado nos últimos quatro anos, nomeadamente no que respeita ao alargamento da rede e ao aumento da qualidade do serviço dos transportes públicos na AMP.

Neste novo mandato, o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia prevê avançar com a conclusão do concurso internacional para o transporte rodoviário na AMP e com a criação de uma empresa metropolitana de transportes.

A descentralização de competências para as autarquias será outro tema de destaque no novo mandato, em particular nas áreas da habitação, ação social, proteção civil, e a videovigilância florestal. Os próximos quatro anos serão ainda decisivos na gestão dos fundos comunitários e na aplicação das verbas vindas de Bruxelas em benefício dos municípios.

A direção do Conselho Metropolitano do Porto integrará ainda o socialista Jorge Sequeira, presidente da Câmara Municipal de São João da Madeira, no distrito de Aveiro.

Onze dos 17 municípios que constituem a AMP são liderados pelo PS. Em causa, os concelhos de Gondomar, Matosinhos, Paredes, Santo Tirso, Valongo, Vila do Conde e Vila Nova de Gaia no distrito do Porto, e Arouca, Espinho, Oliveira de Azeméis e São João da Madeira, no distrito de Aveiro.

174 Visualizações