Artigo

Deputados do PS questionam Governo sobre erosão costeira em Vila do Conde

Deputados do PS questionam Governo sobre erosão costeira em Vila do Conde

Os deputados do Grupo Parlamentar do Partido Socialista eleitos pelo distrito do Porto questionaram o Governo sobre a necessidade de obras de estabilização da orla costeira na freguesia de Árvore e na Marginal de Vila do Conde. As perguntas ao Ministério do Mar e ao Ministério do Ambiente e da Ação Climática surgem no seguimento de uma visita de trabalho realizada na passada segunda-feira.

Os deputados do Grupo Parlamentar do Partido Socialista eleitos pelo distrito do Porto questionaram o Governo sobre a necessidade de “intervenção urgente” na orla costeira de Vila do Conde.

A pergunta, entregue na Assembleia da República, surge na sequência de uma visita de uma delegação de deputados, acompanhados do presidente da Concelhia do PS, Vítor Costa e por autarcas locais, à zona costeira de Vila do Conde.

Na visita de trabalho, os deputados constataram “a existência de graves situações de estabilização da orla costeira na freguesia de Árvore, onde inclusivamente uma via de circulação automóvel se encontra parcialmente destruída, e na Marginal de Vila do Conde, local frequentado por milhares de pessoas todos os dias”.

Na pergunta dirigida ao Ministérios do Mar e do Ambiente e da Ação Climática, os deputados socialistas afirmam que, na Marginal de Vila do Conde são visíveis “alguns deslizamentos bastante significativos do enrocamento, assim como, sinalização para o perigo de deslizamento de pedras e alguns sinais de aplicação recente de betão para “tapar” alguns deslizamentos”.

Os eleitos pelo círculo do Porto referem, ainda, que foram “alertados por alguns autarcas do concelho para a existência de um estudo do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) que alerta para a necessidade de intervenção urgente naquele espaço”.

Assim, o Grupo Parlamentar do PS pergunta se o Governo tem conhecimento das situações retratadas na Freguesia de Arvore e na Marginal de Vila do Conde; que ações foram desenvolvidas com vista à minimização dos efeitos da erosão costeira; e se existe algum projeto de intervenção já elaborado e qual o calendário para a resolução dos problemas identificados.

As perguntas ao Ministério do Mar e ao Ministério do Ambiente e da Ação Climática entregues na Assembleia da República na passada quarta-feira, 14 de outubro, são assinadas pelos deputados socialistas eleitos pelo distrito do Porto, Joana Lima, Hugo Carvalho, Isabel Oneto, Carlos Brás, Constança Urbano De Sousa, Carla Sousa, Alexandre Quintanilha, Rosário Gambôa, Cristina Mendes Da Silva, Ana Paula Vitorino, Tiago Barbosa Ribeiro, José Magalhães, João Paulo Correia, Eduardo Barroco de Melo e Pedro Sousa.

288 Visualizações