Artigo

COVID-19: Manuel Pizarro defende articulação mais próxima das instituições com os pescadores de Vila do Conde

COVID-19: Manuel Pizarro defende articulação mais próxima das instituições com os pescadores de Vila do Conde

O presidente da Federação Distrital do Porto do Partido Socialista e eurodeputado, Manuel Pizarro, reuniu esta quinta-feira com José Festas na Associação Pró-Maior Segurança dos Homens do Mar para avaliar a situação dos pescadores de Vila do Conde afetados pela pandemia por COVID-19.

Uma delegação do Partido Socialista, liderada por Manuel Pizarro, visitou esta quinta-feira a Associação Pró-Maior Segurança dos Homens do Mar (APMSHM) com o objetivo de avaliar no local a situação da comunidade piscatória de Vila do Conde, que regista casos de infeção por COVID-19.

Além do presidente da Federação Distrital do Porto do PS e eurodeputado, a reunião com José Festas, presidente da APSHM, contou com a presença do presidente da Concelhia do PS da Póvoa de Varzim, João Trocado, o presidente da Concelhia do PS de Vila do Conde, Vítor Costa e com a deputada à Assembleia da República e coordenadora dos deputados do distrito do Porto no Grupo Parlamentar do PS, Joana Lima.

A visita de trabalho da delegação socialista foi motivada pelas notícias recentes que dão conta de um surto de COVID-19 em Vila do Conde, que afeta a comunidade piscatória local com 9 casos positivos até ao momento. Segundo Manuel Pizarro, “há razões para preocupação, mas não há razões para alarme. Não se trata de uma situação generalizada que esteja a impedir a atividade da pesca”.

Em declarações aos jornalistas, o presidente da Federação Distrital do Porto do PS salientou a necessidade de “favorecer uma articulação de maior proximidade entre os serviços de saúde, os pescadores e as organizações de pescadores. Esta é uma atividade muito específica, de grande risco e sacrifício, em que as pessoas trabalham em horários muito atípicos em relação à generalidade dos portugueses. Essas condições não se coadunam com regras burocráticas muito complexas para o contacto com os sistemas de saúde”.

Manuel Pizarro defende que os sistemas de saúde devem procurar a mediação das organizações dos pescadores, como a APMSHM, num esforço de adaptação que impeça o descontrolo da situação. Dadas as circunstâncias específicas do setor da pesca e das condições de trabalho dos pescadores, que ao contrário de outras atividades profissionais têm maiores constrangimentos no que toca ao cumprimento do distanciamento social, o presidente da Federação Distrital do Porto do PS entende, assim, que tem que haver proatividade na disponibilização de testes e no rastreio de contactos das pessoas infetadas com a COVID-19 na comunidade piscatória, bem como nas condições de confinamento dos casos positivos.

O eurodeputado adverte que “têm que ser tomadas medidas razoáveis de confinamento e de quarentena que não coloquem a causa a sobrevivência económica e financeira das embarcações e dos tripulantes”. As soluções têm, por isso, que ser “individualizadas de acordo com a gravidade dos casos, através de medidas em que as pessoas possam cumprir essa quarentena, mantendo-se a trabalhar”. O presidente da Federação Distrital do Porto do PS considera que os pescadores devem ter “uma instalação de apoio em terra que os permita continuar juntos, no regresso do mar e durante o período da quarenta, respeitando todas as normas de saúde pública e em simultâneo permitindo que continuem a atividade profissional”.

A delegação do PS salientou ainda a enorme disponibilidade da Associação Pró-Maior Segurança dos Homens do Mar que “tem que ser tida em conta pelo Estado e pelas instituições de saúde”. De acordo com Manuel Pizarro, “seria um erro gravíssimo desprezar uma instituição como esta, com grande implantação local, com belíssimas condições logísticas e na qual as pessoas das pescas confiam e que tem que servir de mediação. O que todas as normas de boas práticas da saúde dizem é que devemos procurar na comunidade aqueles que são os agentes que nos podem ajudar a intervir mais rapidamente”.

214 Visualizações