Carlos Brás eleito coordenador dos deputados do distrito do Porto

O deputado foi eleito esta quarta-feira e destacou o orgulho e a responsabilidade ao assumir o novo cargo.

Carlos Brás foi eleito coordenador dos deputados do Grupo Parlamentar do Partido Socialista eleitos pelo Círculo Eleitoral do Porto.

O deputado sucede no cargo a Joana Lima que assumiu estas funções na última legislatura. Cristina Mendes da Silva foi eleita vice-coordenadora dos deputados do distrito do Porto.

A eleição, realizada numa reunião, no Palácio de S. Bento, contou com a participação de todos os 19 deputados eleitos pelo PS no distrito do Porto e com a presença de Manuel Pizarro, presidente da Federação Distrital do Porto do PS.

Carlos Brás, destacou que “a dimensão da vitória que o Partido Socialista alcançou nas eleições legislativas do passado dia 30 de janeiro no distrito do Porto e, o facto de ser o partido com maior implantação autárquica no distrito, confere a todos os eleitos uma responsabilidade acrescida. A responsabilidade de garantir proximidade entre eleitos e eleitores, honrar a palavra dada, saber ouvir e saber interpretar o povo e de conhecer o tecido institucional público, privado, cooperativo e social”.

O coordenador dos deputados eleitos pelo distrito do Porto, afirmou também que “é com orgulho, mas simultaneamente com motivação e entusiasmo, que assumo estas novas funções, por eleição dos meus pares e com o apoio do Presidente da Federação do PS do Porto, Manuel Pizarro”.

Carlos Brás, ainda enalteceu que conta com “um grupo coeso e igualmente motivado que tornará a tarefa muito mais fácil e gratificante.”

Carlos Brás é licenciado em Relações Internacionais pela Universidade Lusíada no Porto e mestrando em Administração Publica na Universidade do Minho. Foi vereador na Câmara Municipal de Gondomar entre 2013 e 2019, ano em que foi eleito deputado à Assembleia da República. É, atualmente, presidente da Assembleia Municipal de Alfândega da Fé. Dos 18 aos 31 anos, trabalhou na área do Turismo, desempenhando funções de auditoria e direção nas mais importantes cadeias hoteleiras do Porto. Em 2000, iniciou funções como técnico tributário do Ministério das Finanças. Carlos Brás foi, ainda, membro da Assembleia Municipal de Gondomar e da Assembleia de Freguesia de Baguim do Monte.

863 Visualizações