PASSE ÚNICO

EDUARDO VÍTOR RODRIGUES




O passe único é um título de transporte intermodal que materializa um esforço de simplificação tarifária ao nível dos títulos mensais e que irá permitir aos passageiros viajar nos diferentes operadores rodoviários, nas linhas da CP, STCP e Metro do Porto, a um valor mais acessível.

Com o Passe único haverá um passe de 30 euros para andar dentro do concelho de residência ou viajar até um concelho vizinho que esteja a uma distância máxima de três zonas; um passe de 40 euros para viajar entre qualquer ponto da área metropolitana, em qualquer um dos modos de transporte aderentes; e um passe gratuito para crianças até aos 12 anos.

Subsistirão também os passes com descontos sociais e o de estudante.

Promover a utilização do transporte público e intermodal à escala metropolitana; contribuir para a descarbonização da região e diminuir a despesa das famílias com as despesas com os transportes.

Qualquer utilizador pode solicitar um Passe Único, independentemente da sua idade e/ou condição social.

Para quem já é detentor de um passe Z3 ou superior, não tem de fazer nada. Ao carregar o título de abril nas máquinas instaladas nas paragens, ou nas caixas multibanco, o contrato será atualizado para o valor de 30 euros (no caso do Z3) ou de 40 (para quem tenha passes de quatro ou mais zonas).

Os detentores de passes Z2 deverão dirigir-se a uma loja Andante e escolher a terceira zona por onde pretendem passar a circular com um valor ligeiramente inferior ao que pagam atualmente.

Por fim, para aqueles que não tinham passe até agora, esta é uma boa altura para se dirigem a uma loja Andante e passarem a usufruir do transporte público a um valor mais acessível.

Sim, estes passes vão estar disponíveis nos 17 concelhos da Área Metropolitana do Porto. A partir do dia 01 de abril, a maior parte dos concelhos já terá o sistema implementado. Contudo, alguns operadores rodoviários privados com serviços em áreas mais periféricas da Área Metropolitana do Porto necessitam ainda de se adaptar e comprar equipamentos de validação dos títulos Andante, pelo que a área metropolitana está a tentar encontrar uma solução para que até maio toda a região fique coberta.

A partir de segunda-feira, 01 de abril, o Passe Único entra em funcionamento com tarifas mais acessíveis e descomplicadas (30 e 40 euros, conforme explicado acima).

Quanto aos passes gratuitos para as crianças até aos 12 anos, as famílias podem contar com eles a partir de 01 de setembro, de forma a coincidir com a abertura do próximo ano letivo.