Artigo

Santo Tirso: “Vitória histórica” do PS retira vereador à coligação PSD-CDS

1171 Visualizações

Santo Tirso: “Vitória histórica” do PS retira vereador à coligação PSD-CDS

“É um dia grande para a democracia e um dia grande para Santo Tirso!”, afirmou Joaquim Couto, perante uma multidão que comemorou na Praça 25 de Abril “uma vitória histórica” do PS, com 53,79% dos votos e 6 vereadores na Câmara Municipal, enquanto a coligação PSD-CDS recuou para três vereadores.

“Estamos a comemorar uma vitória histórica! Venceu a maturidade democrática da população de Santo Tirso! Venceu o único projeto político para Santo Tirso! Venceu a verdade e venceu a democracia!”

Foi assim que o autarca reeleito, falando a uma multidão em festa, classificou a estrondosa vitória do PS no concelho de Santo Tirso que garantiu a sua reeleição para um segundo mandato com uma maioria muito clara de 53,79% e a conquista de 6 vereadores, enquanto a candidata Andreia Neto (PSD-CDS) conseguiu apenas 35,62% dos votos e três vereadores, tendo perdido um vereador.

“Esta vitória, que ofereço à população de Santo Tirso, é o reconhecimento de quatro anos intensos de trabalho em condições difíceis e exigentes. Nós, sim, conseguimos! Nós conseguimos vencer as eleições e Andreia Neto também conseguiu fazer história, pois teve o pior resultado de sempre do PSD em Santo Tirso”, afirmou Joaquim Couto à população, acrescentando que “o povo de Santo Tirso é sábio, não se deixa enganar, sabe separar o trigo do joio e não se deixa comprar por um par de brincos”.

A alegria socialista era mais do que justificada, uma vez que a vitória do PS também aconteceu na Assembleia Municipal, onde a coligação PSD-CDS perdeu um deputado e o PS conquistou 3, e nas juntas de freguesia, com a conquista à coligação PSD-CDS de Vila das Aves e Reguenga.

Numa intervenção emocionada, em agradecimento a toda a equipa da candidatura “Santo Tirso em Boas Mãos”, “que tornou possível este grande sonho”, o autarca socialista agradeceu à população de Santo Tirso a confiança traduzida na “maioria absoluta muito clara” que tinha pedido aos eleitores. E, para que não houvesse dúvidas, afirmou:

“A partir de hoje, sou de novo, como já era, o presidente da Câmara de toda a população de Santo Tirso!”

Joaquim Couto alertou os autarcas eleitos para os órgãos do município e das freguesias para “a obrigação e a missão de cumprirem o programa eleitoral do PS, que será o nosso programa político para Santo Tirso”. “Essa é uma grande responsabilidade”, lembrou.