Artigo

PS/Porto contra o encerramento de estações dos CTT

319 Visualizações

Serviço essencial posto em causa

PS/Porto contra o encerramento de estações dos CTT

São quatro os concelhos do distrito que verão parte da oferta pública amputada

 

A Federação Distrital do Porto do PS tomou conhecimento, com grande preocupação, da notícia do eventual encerramento de quatro estações dos CTT no distrito do Porto.

As referidas estações – Areosa (concelho de Gondomar), Freamunde (concelho de Paços de Ferreira), Galiza (cidade do Porto) e Termas de S. Vicente (concelho de Penafiel) – servem dezenas de milhar de pessoas e, nalguns casos, áreas geográficas muito vastas.

Esta intenção de encerramento, divulgada pela comunicação social e que ainda não foi objeto de qualquer desmentido por parte da empresa, não foi também precedida de qualquer diálogo com as populações e com as autarquias.

O fecho destes espaços, a verificar-se, penalizará de forma grave os atuais utilizadores e constitui mais um passo no processo de desmantelamento da empresa que se tem vindo a verificar desde que foi privatizada pelo governo PSD/CDS.

O PS manifesta desde já toda a sua solidariedade para com as pessoas atingidas por esta decisão ilegítima da gestão privada dos CTT.

O PS fará tudo o que estiver ao seu alcance, nas diferentes instituições políticas e junto da instância reguladora, para impedir estes encerramentos e para responsabilizar a gestão dos CTT por estas medidas que colidem frontalmente com o interesse público.