Artigo

CÂMARA MUNICIPAL DO PORTO JÁ CONCRETIZOU 87% DOS COMPROMISSOS ELEITORAIS DO PS

526 Visualizações

Câmara Municipal do Porto já concretizou 87% dos compromissos eleitorais do PS

A menos de um ano do término do mandato, o executivo municipal do Porto, presidido por Rui Moreira, já concretizou 87,3% dos compromissos eleitorais do Partido Socialista, sendo que, das 111 medidas apresentadas aos portuenses pelos socialistas nas últimas eleições autárquicas, 57 foram já concretizadas e 40 estão em desenvolvimento.

A governação autárquica no Porto, que resulta de um acordo entre o PS e o independente Rui Moreira é, segundo Manuel Pizarro, vereador da Habitação e Ação Social do executivo portuense, “um caso de sucesso”. Para o autarca socialista, o balanço “extremamente positivo” decorre, não apenas do facto dos programas eleitorais apresentados pela candidatura de Rui Moreira e pelo PS serem “muito similares”, como também pela “relação de exemplar lealdade” que se vive no executivo.

Na coesão social, os socialistas do Porto destacam o programa de recuperação das ilhas; o investimento na reabilitação de vários bairros; a suspensão da venda de património municipal no centro histórico; a reabilitação de casas do município para arrendamento social no centro da cidade; a criação de um fundo de emergência social que apoiou já mais de mil famílias no pagamento da renda da casa; e ainda a criação da Carta de Cuidados de Saúde Primários, documento ao abrigo da qual serão criadas as novas Unidades de Saúde da Batalha, de Ramalde e de Campanhã, estando a Unidade de Azevedo já em fase de estudo.

Já na área da economia e do trabalho, os socialistas salientam o plano de recuperação do Mercado do Bolhão, que finalmente viu o concurso para a sua reabilitação lançado; a criação do InvestPorto, programa municipal que pretende atrair investimento e empresas para a cidade; e ainda a transformação do antigo matadouro municipal, situado em Campanhã, num centro empresarial, concurso que deverá ser lançado em breve.

Quanto à pasta da Cultura, o PS Porto assinala, entre outras iniciativas, a devolução do Rivoli e a Feira do Livro aos portuenses, bem como as diligências realizadas para que a coleção Miró viesse para a Cidade.

No balanço dos três anos de governação autárquica, o PS Porto faz ainda questão de destacar os recentes acordos com o Governo para a municipalização dos STCP e para a reversão do “confisco” da Águas do Douro e Paiva, medidas que, segundo Manuel Pizarro, “permitem uma melhor gestão, com mais proximidade, e com elevados ganhos para a comunidade”.

 

DOCUMENTOS:

(1) Prestar contas à Cidade Três anos de participação do PS no executivo da CMP

(2) Intervenção de Gustavo Pimenta, presidente da bancada do PS na Assembleia Municipal do Porto