Artigo

MATOS FERNANDES

137 Visualizações

Engavetado há mais de uma década, inviabilizando a melhoria da mobilidade de milhares de cidadãos do distrito do Porto, o dossier da extensão da rede de Metro na Área Metropolitana do Porto acaba de ser recuperado pelo atual Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes.
 
O metro vai crescer cerca de seis quilómetros no Porto e em Gaia, com a construção de uma nova ligação entre as estações da Casa da Música e S. Bento (nova Linha Rosa), e o prolongamento da Linha Amarela, de Santo Ovídio a Vila ‘Este. Ficam servidos os Hospitais de Santo António e de Vila Nova de Gaia.
 
O investimento deverá ser concretizado até 2021 e contará com uma procura superior a 12 milhões de utilizadores por ano.
 
Mas a aposta na mobilidade pelo atual Governo não fica por aqui e, por isso, o Ministro do Ambiente anunciou também que serão efetuados estudos técnicos para expandir, futuramente, a rede da Metro do Porto a três novas linhas, designadamente a Gondomar, Maia e Gaia. Os próximos anos serão, certamente, de grande prosperidade em matéria de mobilidade inteligente.