Artigo

MARIA BARROSO: A MULHER QUE NÃO ESTAVA POR TRÁS DE UM GRANDE HOMEM, ESTAVA AO LADO

555 Visualizações

Maria Barroso: a mulher que não estava por trás de um grande homem, estava ao lado

Num mundo que, ainda hoje, se rege por ideias e preconceitos que insistem em excluir a mulher da boca de cena, Maria Barroso compreendeu como ninguém a força das circunstâncias, mas, sobretudo, a urgência em mudá-las.

Dizia que “Quando a história é contada depois, as mulheres ficam na sombra. Mas, quando lutam, estamos ao lado deles”.

Viveu a vida de forma intensa, completa, afirmando-se como mulher, na família, na profissão e na política, provando que todas estas dimensões não são inconciliáveis. Ajudando a abrir caminho para uma sociedade em que a igualdade de género passe a ser entendida com naturalidade, como um imperativo das sociedades mais justas.

Impedida de se realizar como atriz pela ditadura, impedida de trabalhar como professora no ensino público e, mais tarde, também no privado, não capitulou nunca. Ousou defender sempre aquilo em que acreditava, mesmo quando a sua opinião era contra as maiorias ou, até, contra a opinião do homem que escolheu como companheiro de uma vida.

Das fundadoras do Partido Socialista, foi a única mulher a estar presente na Alemanha, em abril de 1973, em Bad Munstereifel. Votou nessa reunião contra a criação do Partido, mas, vencida, soube estar ao lado de todos os seus companheiros nos momentos que se seguiram.

Viveu intensa e determinada a luta contra a ditadura e viveu empenhada e feliz a chegada da Liberdade e a construção da Democracia. Foi deputada na Assembleia constituinte em 1976 e nas Assembleias Legislativas de 1979, 1980 e 1983.

Casada com Mário Soares, acompanhou-o sempre, lado a lado, nos pequenos e nos grandes combates, aceitando com naturalidade um lugar que nunca a impediu de continuar a afirmar o seu trabalho político, na defesa das minorias, na luta contra a exclusão e contra a violência.

Afirmou-se como mulher determinada, e, ao contrário do que afirmou, a história não lhe reserva um lugar na sombra. Será sempre recordada pelo seu contributo inestimável para a construção de um Portugal melhor, livre e democrático, e será sempre recordada pelos Socialistas como uma das pessoas que mais contribuiu para mudar a história, como um dos seus pilares fundadores.

 

Saiba mais sobre Maria Barroso: