Kevin Cook

Joaquim Couto quer garantir que Santo Tirso continua “em boas mãos”

play all visit

Joaquim Couto quer garantir que Santo Tirso continua “em boas mãos”

A Juventude Socialista esteve à conversa com Joaquim Couto, atual Presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso e recandidato nas autárquicas de 1 de outubro.

Com um mandato que considera ser “francamente positivo”, Joaquim Couto realça o projeto político que passou por investimentos na área da coesão social, pela criação de de infraestruturas e de emprego.

Em matéria de coesão social, o Presidente da Câmara de Santo Tirso salienta “as vacinas dadas às crianças com menos de dois anos, os transportes gratuitos no 10º, 11º e 12º anos e o Santo Tirso Ativo para os mais idosos ou a oferta de lanches escolares”.

Para além destas medidas, o autarca socialista destaca também a criação do Fundo de Emergência Social que, com cerca de €150 mil, conseguiu satisfazer as necessidades de mais de 150 famílias, o apoio ao arrendamento, o banco de livros ou, ainda, os espaços do cidadão.

“São medidas de carácter social que melhoram francamente a coesão social do nosso município”, afirma Joaquim Couto e adianta que “do ponto de vista dos apoios e dos estímulos, estamos bem à frente da maioria dos municípios portugueses”.

Ao nível da criação de emprego, o socialista recorda que houve uma drástica diminuição do desemprego e que as oportunidades criadas refletem o conceito de “melhor emprego, com mais formação profissional e, portanto, melhores salários”.

O investimento foi outra das áreas nas quais focou a atenção nos quatro anos de mandado, nomeadamente através do programa Investe Santo Tirso, que aumentou o volume de investimento.

“Mais de 500 empresas nasceram em Santo Tirso, estamos a exportar mais de €540M por ano. Há continuação de investimento. Há continuação de criação de emprego”, anuncia o autarca tirsense.

Relativamente à candidatura que vai apresentar nas próximas autárquicas, Joaquim Couto mostra-se confiante, esperando maioria absoluta para governar, recordando que os “dados municipais não se esgotam em cada mandato, portanto há uma continuidade e uma projeção para o futuro”.

Como principais desafios para os próximos anos da cidade, Joaquim Couto afirma a “intenção de continuar a requalificação do parque urbano, a recuperação do mercado municipal, do Cineteatro ou do Parque Metropolitano de Monte Córdova”.

“Vamos continuar a captar investimento, vamos continuar com a política de coesão social, de proteção dos animais e de promoção e requalificação do espaço público”, evidencia o candidato socialista à Câmara de Santo Tirso.

Com um objetivo central que garante serem as pessoas, Joaquim Couto recorda que “a melhor relação que um político tem com os seus eleitores é baseada na verdade e na proximidade” e que pretende ter um “município com pleno emprego, feliz e que viva bem”.