Artigo

Humberto Brito eleito presidente da Valsousa

86 Visualizações

Humberto Brito eleito presidente da Valsousa

Humberto Brito foi eleito presidente do Conselho Diretivo da Valsousa, a Associação de Municípios do Vale do Sousa, que engloba os seis municípios da região: Castelo de Paiva, Felgueiras, Lousada, Paços de Ferreira e Penafiel.

Para o novo cargo, o também presidente da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, pretende apostar em “três áreas de intervenção que fazem parte do escopo da Valsousa, designadamente ambiente, Rota do Romântico e Vale do Sousa Digital.”

“Sendo esta a mais antiga associação de municípios, tem muita experiência acumulada nestas áreas, pelo que está sempre presente e enraizado, entre os autarcas e municípios associados, um espírito colegial e de parceria muito forte.”, afirma Humberto Brito.

Apesar de liderar o Vale do Sousa, o autarca mantém a pretensão de que Paços de Ferreira integre a Área Metropolitana do Porto (AMP) e sustenta: “Paços de Ferreira identifica-se com a AMP, fruto de uma dinâmica económica muito própria e do modo de vida dos nossos concidadãos. Mas esta é uma decisão que não depende em exclusivo do município de Paços de Ferreira.”

“Estamos perante entidades com natureza e fins diferentes. Veja-se o caso de Paredes: está na AMP e na Valsousa. As áreas metropolitanas, como as comunidades intermunicipais, resultam de um mapeamento administrativos tipificado no mapa das regiões administrativas, enquanto a Valsousa é uma associação voluntária de um conjunto de seis municípios que decidiram associar-se para resolver problemas comuns e projetar o território no panorama nacional, de que a Rota do Romântico é um excelente exemplo de cooperação supramunicipal.”

Recorde-se que, segundo dados da Pordata de 2015, no território do Vale do Sousa vivem cerca de 350 mil pessoas, laboram quase 30 mil empresas, que geram um volume de negócios anual de 6,5 mil milhões de euros.