Artigo

DEPUTADOS DO PS QUESTIONAM GOVERNO SOBRE DESCARGA POLUENTE NO RIO SOUSA

1282 Visualizações

Deputados do PS questionam o Governo sobre descarga poluente no rio Sousa

Preocupados com o recente acidente de contaminação do rio Sousa, um grupo de deputados do PS questionou ontem o Governo. Na pergunta, dirigida ao Ministério do Ambiente, os deputados, eleitos pelo círculo do Porto, questionam se a tutela teve conhecimento desta ocorrência e quais as medidas que está em condições de tomar.

Segundo a iniciativa parlamentar, os deputados querem saber também que propostas pretende o Ministério do Ambiente apresentar, tendo em conta a necessidade de evitar as descargas e contaminações nos rios portugueses.

Os deputados socialistas lembram que são vários os acidentes de contaminação de rios em Portugal, quer por causas acidentais, quer por intermédio de ações de descarga com caráter intencional e, por isso, defendem que “Estas ocorrências requerem o desenvolvimento de uma política de prevenção tão eficaz quanto possível, articulada entre as autarquias e o Governo”.

Recorde-se que foi no passado dia 7 de março que cerca de 250 mil litros de chorume, um composto de uma mistura de dejetos sólidos e líquidos de animais, normalmente usado como fertilizante, que chegaram ao leito deste afluente do rio Douro, que ficou coberto com uma espuma espessa, causando maus odores que se estenderam ao longo de vários quilómetros.

A pergunta, figura regimental da Assembleia da República através da qual os parlamentares podem pedir esclarecimentos ao Governo, foi subscrita por oito deputados eleitos pelo círculo do Porto, designadamente: João Torres, Renato Sampaio, Joana Lima, Luísa Salgueiro, Tiago Barbosa Ribeiro, Ricardo Bexiga, Carla Sousa e Gabriela Canavilhas.

NOTA:

Veja aqui o documento enviado ao Governo pelos deputados socialistas.