Artigo

Autárquicas: Clima apoteótico na apresentação da candidatura de Luísa Salgueiro a Matosinhos

1326 Visualizações

Autárquicas: Clima apoteótico na apresentação da candidatura de Luísa Salgueiro a Matosinhos

Luísa Salgueiro, candidata do Partido Socialista à Câmara Municipal de Matosinhos nas próximas eleições autárquicas, apresentou a sua candidatura no passado dia 21 de abril, no Centro de Desportos e Congressos de Matosinhos. A apresentação, que decorreu num clima absolutamente apoteótico, contou com a presença do Secretário-geral do PS e Primeiro-ministro, António Costa.

Perante uma plateia de cerca de 2 mil pessoas, entre militantes, simpatizantes e independentes, Luísa Salgueiro destacou o forte legado socialista ao qual pretende dar continuidade com um programa inovador que continue a melhorar a vida dos matosinhenses nas mais diversas áreas, do emprego à renovação urbana, passando pela saúde, turismo, transportes, cultura e atração de investimento para a cidade.

Na sua intervenção, a candidata socialista sublinhou também a importância da coesão social, afirmando não ser possível “construir o futuro sem políticas que agarrem os cidadãos” e que não os deixem “ficar para trás”.

“Queremos um concelho em que todos têm as mesmas oportunidades, independentemente da sua situação económica ou social, valorizando as pessoas e a identidade local. Um concelho financeira e ambientalmente sustentável, onde os cidadãos tenham qualidade de vida e todas as condições para serem felizes”, sustentou Luísa Salgueiro.

Já o Secretário-geral do partido, António Costa, destacou o “orgulho do trabalho que, ao longo de anos, [o PS] fez por Matosinhos”, e afirmou que Luísa Salgueiro é a pessoa certa para dar continuidade a esse legado socialista no concelho.

“Nós ouvimos aqui uma mulher que tem uma visão para a sua terra e para o seu concelho […] e que sabe bem que a primeira missão de um autarca é tratar das suas gentes”, sustentou o António Costa.

O Secretário-geral do PS apelou ainda a todos os militantes, simpatizantes e independentes, para se mobilizarem “pelo Partido Socialista” em torno da candidata “que o Partido Socialista escolheu”. “A relação do PS com Matosinhos é uma relação única porque não é uma relação de cartão, é uma relação de coração”, sustentou António Costa.

Referindo-se às centenas de matosinhenses presentes no arranque da candidatura de Luísa Salgueiro, Manuel Pizarro, Presidente da Federação Distrital do Porto do PS, parafraseando o grande militante socialista, Mário Soares, questionou: “Se isto não é o povo, onde está o povo?”.

Destacando a sua “longa carreira na política autárquica e na política nacional”, o líder federativo não tem dúvidas ao afirmar que o PS escolheu “a melhor” e “mais bem preparada” candidata à Câmara de Matosinhos.

Já Palmira Macedo, Presidente da Assembleia Municipal de Matosinhos e que não pôde estar presente no encontro, também fez questão de mostrar o seu apoio à candidatura de Luísa Salgueiro. Numa intervenção em formato de vídeo, Palmira Macedo apelou a que “cada um e cada uma faça aquilo que lhe compete, para que possamos todos, no dia 01 de outubro, festejar a vitória do Partido Socialista em Matosinhos”.

Num enorme gesto de unidade, Eduardo Pinheiro, atual presidente da autarquia matosinhense, concluiu: “contem comigo, com o meu empenho e com a minha lealdade, para que os sucessos do passado permitam conquistar o futuro com que todos sonhamos”.

 

Saiba + em: 

www.luisasalgueiro.pt
www.facebook.com/luisasalgueiroPS