Artigo

André Ferreira promete devolver Penafiel aos Penafidelenses e ao Partido Socialista

1039 Visualizações

André Ferreira promete devolver Penafiel aos Penafidelenses e ao Partido Socialista

Foi num ambiente absolutamente mobilizador que, na sexta-feira, 19 de maio, André Ferreira, candidato à Câmara Municipal de Penafiel, prometeu, com uma “campanha positiva”, devolver a gestão da autarquia aos Penafidelenses e ao Partido Socialista.

A iniciativa, que reuniu cerca de 3 mil Penafidelenses no Pavilhão de Feiras e Exposições de Penafiel e que foi descrito como “o maior jantar do partido alguma vez realizado” no concelho, contou com a presença do Secretário-geral, António Costa, e do Presidente da Federação Distrital, Manuel Pizarro.

Sublinhando que “não há vitórias antecipadas” nem “derrotas que não possam ser evitadas”, António Costa afirmou a convicção de que esta é a “oportunidade de André Ferreira ganhar”.

“André ferreira tem tudo o que é preciso para ser um grande presidente da Câmara. É trabalhador, honrado, próximo das pessoas e lutou nos últimos quatro anos pelas coisas que prometeu”, reforçou o líder federativo, Manuel Pizarro.

Referindo-se à enorme massa humana presente neste jantar que marcou o arranque da candidatura socialista em Penafiel, Fernando Malheiro, presidente da Concelhia, também não tem dúvidas: “é esta grande festa que nos vai levar à vitória no próximo dia 01 de outubro”.

https://www.facebook.com/penafielparatodos/videos/458382474505175/

 

Numa noite marcada por rasgados elogios ao candidato socialista e onde ficou a promessa mudar Penafiel a partir de dia 01 de outubro, foram também fortes as críticas que se fizeram ouvir à atual gestão autárquica, liderada pela coligação PSD/CDS.

“Após milhões de euros que vieram para Penafiel de fundos comunitários, verificamos que houve um claro desperdício na área do ambiente” assinalou Fernando Malheiro, lamentando que, em pleno século XXI, ainda haja “freguesias de Penafiel com zero por cento de saneamento básico”.

“É imperioso um novo ciclo político para Penafiel, com políticas viradas para as pessoas”, afirmou André Ferreira, criticando a postura “panfletária e de campanha permanente” do atual executivo, bem como a completa “ausência de políticas” em prol do município.

“É lamentável que apenas a meio ano das eleições e de forma absolutamente atabalhoada, se tenha começado a fazer obra, sem estratégia e apenas para angariar votos”, ilustrou o advogado e candidato socialista.

“Há quatro anos atrás um dos grandes objetivos da coligação era a captação de investimento privado e a diminuição do desemprego. Pergunto o que foi feito do famigerado plano de atração de investimento, as dezenas de empresas e os 500 a 600 postos de trabalho que foram prometidos”, questionou André Ferreira.

O candidato socialista acusou ainda a coligação PSD/CDS de estar a tentar assumir a paternidade de três grandes investimentos que estão a decorrer – na beneficiação e alargamento da EN 15, na rotunda da Ribeira e no Mosteiro de Paço de Sousa – cuja responsabilidade é do Governo central.

Um programa “com compromissos reais” para todos os Penafidelenses

Entre as principais promessas de André Ferreira ficou a descida das taxas de água e saneamento e a criação do projeto Penafiel Invest, que “permitirá à Câmara Municipal estabelecer parcerias e atrair para Penafiel investimentos de qualidade que criem empregos”.

Na agenda socialista estão também processos de urbanismo mais transparentes, tratar as 28 freguesias por igual e tratar com imparcialidade os movimentos associativos que, atualmente “são alvo de uma tentativa de controlo permanente”, acusou o candidato socialista.

André Ferreira vai ainda apostar em políticas culturais e de juventude, dar prioridade à educação, e fazer da zona ribeirinha de Entre-os-Rios uma referência.

“Temos que dar a palavra e honrar a palavra. Connosco o que é dito será cumprido”, garantiu André Ferreira.

O candidato socialista afirmou ainda esperar que espera que, no próximo mandato, “António Costa venha a Penafiel inaugurar duas valências estruturantes: o IC35 e as obras de revitalização do Mosteiro de Paço de Sousa”.

Até 01 de Outubro, André Ferreira promete uma campanha de contacto, porta-a-porta, positiva, e com compromissos reais.